Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f

Medicina Veterinária - Jataí

Atualizado em 29/12/15 10:54.

Turno: integral. | Duração: dez semestres. | Vagas: 60. | Ingresso: 1º semestre.

Sobre o curso de Medicina Veterinária

O Curso de Medicina Veterinária da Regional Jataí da UFG tem como meta permitir ao aluno uma formação generalista, capacitando-o para resolução de problemas nas áreas de sanidade animal, saúde pública, biotecnologia, meio ambiente, gestão de agronegócio, no estimulo à produção animal e, consequentemente de alimentos com qualidade e que tenha inserção social, trabalhando dentro dos princípios éticos e morais. O projeto pedagógico do curso de Medicina Veterinária privilegia os chamados conteúdos básicos, considerados os pilares da formação de um profissional que deverá deter os conceitos fundamentais da profissão. A formação técnica voltada mais especificamente para as habilidades profissionais não foi negligenciada. As disciplinas apresentam um forte componente prático, dentro de suas características peculiares, cujo exercício será efetivado através de atividades supervisionadas de atendimento ao público, visitas técnicas a propriedades, práticas profissionais específicas (cirurgias, necropsias, realização de exames laboratoriais), práticas in loco (indústrias) de inspeção e tecnologia de alimentos de origem animal e demais atividades inerentes à profissão. Considerando apenas as disciplinas obrigatórias, têm total de  2.568 horas teóricas e 1.592 horas práticas. Isso significa que as práticas correspondem a 61% da carga horária teórica obrigatória, o que garante a formação de um profissional preparado para o mercado de trabalho.



Profissão

O profissional Médico Veterinário deverá atuar nas mais diversas áreas, desde as ligadas diretamente aos animais e rebanhos, bem como à saúde pública, ao meio ambiente e à alimentação dos seres humanos com produtos de origem animal. É um profissional cuja atuação diária poucas vezes acontece em um escritório, em frente a um computador. Suas atividades são eminentemente práticas, como atendimentos a consultas, cirurgias, visitas técnicas a propriedades rurais, inspeção de alimentos de origem animal em indústrias, aplicação de técnicas de inseminação artificial e concepção assistida. Deve ser detentor de competências e habilidades específicas para: 1) respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional; 2) interpretar sinais clínicos, exames laboratoriais e alterações morfo-funcionais; 3) identificar e classificar os fatores etiológicos, compreender e elucidar a patogenia, bem como, prevenir, controlar e erradicar as doenças que acometem os animais; 4) instituir diagnóstico, prognóstico, tratamento e medidas profiláticas, individuais e populacionais; 5) elaborar, executar e gerenciar projetos agropecuários, ambientais e afins à profissão; 6) desenvolver, programar, orientar e aplicar as modernas técnicas de criação, manejo, nutrição, alimentação, melhoramento genético; produção e reprodução animal; 7) planejar, executar, gerenciar e avaliar programas de saúde animal, saúde pública e de tecnologia de produtos de origem animal, além de outras não menos importantes.

Clique aqui para visualizar o site do curso.



Listar Todas Voltar