Weby shortcut
Prograd - Pró-Reitoria de Graduação
UFG - Universidade Federal de Goiás

Psicologia - Goiânia

Atualizado em 21/01/15 13:31.


Turno: integral. | Duração: dez semestres. | Vagas: 35*. | Campus: Colemar Natal e Silva. | Ingresso: 1º semestre.
* No decorrer do curso conforme o PPC (Projeto Pedagógico de Curso) o estudante deverá obrigatoriamente optar por grau acadêmico (bacharelado ou bacharelado e licenciatura).

 
Sobre o curso de Psicologia

O psicólogo estuda e analisa os processos intrapessoais (pensamentos, emoções e comportamentos) e as relações interpessoais (entre pessoas, a sociedade e a cultura), possibilitando a compreensão do comportamento humano individual e de grupo, no âmbito das instituições de várias naturezas, onde quer que se deem essas relações. Aplica conhecimento teórico e técnico da Psicologia, com o objetivo de identificar e intervir nos fatores determinantes das ações e dos sujeitos, em sua história pessoal, familiar e social, vinculando-as também a condições políticas, históricas e culturais.
O curso de Psicologia da UFG tem como meta central a formação do psicólogo voltada para a atuação profissional, a pesquisa e o ensino de Psicologia. Para tanto, é indispensável o estudo e compreensão de suas numerosas e variadas abordagens teórico-metodológicas. Visa à promoção e a potencialização da qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidades. No seu fazer requer procedimento ético e responsável.
O curso de Psicologia oferece duas modalidades de formação: o psicólogo e o professor de Psicologia. Estas duas formações compreendem um núcleo comum, cuja finalidade é assegurar uma sólida capacitação básica, orientada para a compreensão da Psicologia como campo de conhecimento e de atuação profissional.
Na modalidade de formação do psicólogo, o aluno deverá optar por uma das duas ênfases oferecidas: Psicologia e Processos Clínicos ou Psicologia e Processos Psicossociais.


Profissão 

O campo de atuação do psicólogo é bastante amplo e diversificado. Pode atuar com atividades psicoterápicas em instituições de saúde, tais como: hospitais, centros de saúde, ambulatórios, hospitais-dia, clínicas psicológicas, etc. Em instituições educacionais pode contribuir com o processo de formação, orientando alunos, professores e gestores para uma melhor efetivação do processo de ensino-aprendizagem. Também pode atuar em distintas instituições, na perspectiva da análise das condições vividas e das relações de trabalho, como em: associações comunitárias e de direitos humanos, ONGs, empresas, fábricas, sindicatos, fundações, juizados da infância e juventude e da família, penitenciárias, delegacias, clínicas especializadas, agências de comunicação e publicitárias, núcleos rurais e comunitários etc.
- O Professor de Psicologia dedica-se ao ensino de Psicologia em espaços e contextos diversos, ajustando as atividades de ensino às diversidades institucionais em que ocorrem as práticas educativas, às finalidades da educação e à população-alvo. A Formação do Professor de Psicologia deve propiciar o desenvolvimento das "competências e habilidades" constantes no núcleo comum do Curso de Psicologia. Deverá ao final do curso ter condições de analisar o sistema educacional brasileiro, nos seus diferentes níveis e modalidades, identificando seus desafios contemporâneos.

Listar Todas Voltar