Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f

Engenharia Física - Bacharelado - Goiânia

Atualizado em 21/01/15 13:00.


Turno: integral. | Duração: dez semestres. | Vagas: 25. | Câmpus: Samambaia. | Ingresso: 1º semestre


Sobre o curso de Engenharia Física

O curso de Engenharia Física tem por objetivo formar engenheiros que possam atender a demanda de diferentes áreas tecnológicas, precisando, para tanto, ter uma formação muito bem alicerçada em conceitos de física, química e matemática, além de saber utilizar técnicas experimentais para analise, caracterização e instrumentação.
O currículo para o curso tem como principais características a formação abrangente e a ênfase nos conhecimentos considerados fundamentais para que o engenheiro físico egresso tenha grande mobilidade no mercado de trabalho, capacitando-o a atuar nas diversas áreas da engenharia.
O engenheiro formado pelo Curso de Engenharia Física da UFG, é um profissional generalista, com sólida base científica e tecnológica, principalmente, as relacionadas com as áreas das ciências exatas (Física, Química, Matemática), preparado para aplicar esses conhecimentos básicos na investigação de problemas tecnológicos, através do uso de uma estratégia multidisciplinar. Pela sua formação, as visões do cientista e do engenheiro fundamentarão seu desempenho profissional. A formação é propiciada por um corpo docente da UFG altamente qualificado, com 100% de professores doutores, do Instituto de Física e de outras unidades da UFG.
Os egressos desse curso terão perfil interdisciplinar que além de poder atuar em diversas áreas do mercado de trabalho, poderá também se inserir em Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado) em Física, Química ou Engenharias.

Profissão

O engenheiro físico é o profissional dedicado ao desenvolvimento e aplicação de um conjunto de conhecimentos científicos necessários à pesquisa, ao projeto e à implementação de diversos dispositivos e equipamentos baseados na física do estado sólido, obtenção e caracterização de materiais micro e nanoestruturados, considerando aspectos sociais e econômicos.
O profissional estará apto à pesquisa, ao desenvolvimento e apoio tecnológico; será capaz de introduzir/desenvolver, num contexto empresarial, novos processos e produtos de alto valor agregado, localizando/solucionando problemas das diversas áreas da tecnologia moderna, particularmente, daquelas de grande impacto tecnológico em que Física Clássica e Contemporânea estejam envolvidas. Pela capacidade de raciocínio desenvolvida, poderá também liderar projetos administrativos, trabalhar na área de finanças, investimentos, controladoria e consultoria.
No Brasil, engenheiros físicos estão trabalhando em universidades, centros de pesquisa, indústrias, laboratórios, empresas de consultoria, bancos e mercado financeiro, perícia e criminalística, empresas de tecnologia, etc., atuando em diversas funções.
A atuação deste profissional é abrangente e depende dos interesses e da iniciativa de cada aluno em direcionar sua carreira, que será auxiliado pelos professores para escolher a área de trabalho que mais lhe agrada, em especial aquelas áreas que utilizam conteúdos da física.

Listar Todas Voltar