Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f

Serviço Social - Bacharelado - Goiás

Atualizado em 06/01/15 15:22.


Turno: noturno. | Duração: oito semestres. | Vagas: 50. | Ingresso: 1º semestre.


Sobre o curso de Serviço Social

O curso de Serviço Social da Universidade Federal de Goiás – UFG, foi aprovado em 27 de junho de 2008 pela resolução CONSUNI n. 21, constituindo-se como a primeira escola pública de Serviço Social no estado. Goiás é a quarta cidade do estado a receber uma Regional da UFG, esta que atua em Goiânia, Jataí e Catalão. Por sua disposição geográfica em relação aos demais, a Regional Cidade de Goiás cumpre a prerrogativa de servir a região norte do estado, ainda não alcançada pela universidade.

O curso de bacharelado em Serviço Social habilita o estudante para o exercício da profissão de Assistente Social, regulamentada pela Lei nº 8.662/1993. O Assistente Social é um profissional capaz de atuar nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas de intervenção para o seu enfrentamento, desenvolvendo uma prática criativa e propositiva no conjunto das relações sociais.



Profissão

A profissão de Assistente Social é regulamentada pela Lei n. 8.662, de 7 de Junho de 1993, que dispõe sobre as atribuições privativas do profissional, quais sejam:

  • elaborar, coordenar, implementar, executar e avaliar políticas sociais, planos, programas e projetos junto a órgãos da administração pública direta ou indireta, empresas, entidades e organizações populares;

  • orientar e encaminhar indivíduos e grupos de diferentes segmentos sociais no sentido de identificar recursos e de fazer uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos;

  • planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;

  • planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social e para subsidiar ações profissionais;

  • prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades, com relação às matérias relacionadas ao Serviço Social;

  • prestar assessoria aos movimentos sociais no que se refere à organização e luta na defesa de seus direitos;

  • realizar estudos sócio-econômicos com os usuários para fins de benefícios e serviços sociais junto a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades;

  • administrar, coordenar, planejar, executar, organizar e supervisionar e avaliar estudos, pesquisas, planos, programas e projetos na área, matéria e unidade de Serviço Social;

  • realizar vistorias, perícias técnicas, laudos periciais, informações e pareceres sobre matéria de Serviço Social;

  • dirigir e coordenar associações, núcleos, cursos, centros de estudo e de pesquisa em Serviço Social.

Listar Todas Voltar