Tutoriais - Estágio não obrigatório utilizando o SEI

 

Entrando no SEI

Para os estágios não obrigatórios de discentes da UFG será utilizado o SEI/UFG, abaixo é demonstrado como realizar o acesso à ferramenta.

Ambientes do SEI 1
Figura 1: apresentação dos ambientes do SEI/UFG
ambiente do SEI 2
Figura 2: acesso no SEI para estudantes da UFG
ambiente do SEI 3
Figura 3: geração de nova senha

Passos para novo processo de estágio não obrigatório

Passo 1: Antes de abrir o processo verifique se você cumpre o período mínimo para realização de estágio não obrigatório, verifique quem será seu professor orientador (UFG) com a Coordenação de estágio do seu curso e se o seu supervisor (da empresa concedente) tem cadastro no SEI da UFG, caso não tenha peça para ele realizar o cadastro (cadastro usuário externo)

Passo 2: Depois de entrar no SEI, clique em "Peticionamento" > "Processo Novo" e preencha todos os campos solicitados de acordo com as figuras de 5 a 8 abaixo:

processo novo 4
Figura 4: abertura de novo processo
processo novo 5
Figura 5: seleção do tipo de processo
processo novo 6
Figura 6: preenchimento dos dados iniciais do processo novo. Preencher na especificação do processo "Emissão de TCE - nome" ou "Emissão de Termo Aditivo -nome"
processo novo 7
Figura 7: preenchimento dos campos solicitados. ANTES de preencher os campos solicitados, consultar o coordenador de estágios do curso para designação do professor orientador.
processo novo 8
Figura 8: conclusão da abertura do processo

Passo 3: Após concuir a abertura do processo (figura 8) você terá acesso aos processos gerados no SEI e poderá visualizar os trâmites e documentos gerados(figuras 9 e 10). Você receberá um e-mail quando a documentação for gerada no processo, não há necessidade de entrar em contato. O prazo vai depender da demanda da Central de Estágios.

Caso o estágio seja em concedente via convênio direto, após o peticionamento a Central de Estágios emitirá o TCE e o Plano de Atividades e encaminhará para a coleta das assinaturas eletrônicas. 

Caso o estágio seja em concedente via Agente de integração (IEL, CIEE, START, AGIEL, etc.), após o peticionamento a Central de Estágios emitirá o Plano de Atividades, que deverá ser enviado pelo estudante ou empresa concedente ao Agente integrador (após assinaturas) para emissão do TCE por meio das próprias plataformas digitais desses agentes.

processo novo 9
Figura 9: recibos eletrônicos de protocolo para acompanhamento do processo
processo novo 10
Figura 10: controle de acessos aos processos e documentos e solicitações de assinaturas

Processo intercorrente - (para envios de relatórios e desligamento) 

O processo intercorrente é utilizado para inclusão dos relatórios de estágio ao processo já iniciado anteriormente. Anexar o relatório contendo todas as assinaturas.

Caso o estágio não foi iniciado pelo SEI os relatórios e desligamento deverão ser encaminhados via e-mail (centraldeestagios.prograd@ufg,br)

Processo intercorrente - 1ª maneira 11
Figura 11: peticionamento para incluir um relatório de atividades
Processo intercorrente - 1ª maneira 12
Figura 12: inclusão o arquivo de relatório de atividades
Processo intercorrente - 1ª maneira 13
Figura 13: inclusão o arquivo de relatório de atividades assinado
Processo intercorrente - 1ª maneira 14
Figura 14: conclusão do peticionamento intercorrente

Aguarde a Central de Estágios enviará um e-mail com o recebimento da documentação, o prazo dependerá da demanda da Central.

Processo intercorrente - caminho alternativo

O processo intercorrente é utilizado para incluir documentos a um processo já iniciado anteriormente.

 Processo intercorrente - 2ª maneira 15
Figura 15: abertura de um processo intercorrente - 2ª maneira
 Processo intercorrente - 2ª maneira 16
Figura 16: inserção do número do processo inicial para abertura de processo intercorrente
 Processo intercorrente - 2ª maneira 17
Figura 17: inserção do número do processo inicial para abertura de processo intercorrente
 Processo intercorrente - 2ª maneira 18
Figura 18: preenchimento do tipo e formato de documento a ser inserido
 Processo intercorrente - 2ª maneira 19
Figura 19: anexar o arquivo desejado e "peticionar".
Mais de um relatório de atividades pode ser anexado em uma única abertura de processo intercorrente.
 Processo intercorrente - 2ª maneira 20
Figura 20: conclusão do peticionamento intercorrente

Passos da Unidade Acadêmica (Coordenador de estágio do curso e professor orientador)

A Unidade Acadêmica receberá o processo para análise e assinatura do plano de atividades através do "Bloco de assinaturas" do SEI, posteriormente retornará o processo à Prograd.

Em períodos de férias do Coordenador de estágio do curso o plano poderá ser assinado pelo vice, Coordenador de curso ou Diretor da Unidade Acadêmica.

Visão da Unidade 22
Figura 21: identificação dos documentos enviados para assinatura, via "bloco de assinaturas", pela Central de Estágios às Unidades acadêmicas.
Visão da Unidade 23
Figura 22: os docentes devem identificar o bloco que será identificado com seu nome e seguir os passoa para assinatura e devolução do bloco à Central de Estágios
Visão da Unidade 24
Figura 23: assinatura dos documentos
Visão da Unidade 25
Figura 24: retorno do bloco de assinatura para a Central de Estágios
Visão da Unidade 26
Figura 25: devolução do bloco de assinaturas à unidade geradora (PROGRAD), que dará andamento ao processo.